PSDB diz que exigirá identificação de votantes

O presidente do PSDB municipal, Julio Semeghini, afirmou que todos os militantes do PSDB terão de apresentar documento com foto para votar nas prévias.

O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2012 | 03h05

Para o tucano, a medida coibirá tentativas de influenciar o resultado da disputa. Semeghini afirmou que, das 20 mil pessoas aptas a votar, apenas 7 mil devem comparecer às urnas. "Dois terços não participam da vida partidária. Sabemos que ainda temos problemas. Os filiados terão de passar por um novo filtro." Semeghini destacou que o PSDB realizou um recadastramento em 2009, quando o número de filiados caiu de 40 mil para os 20 mil atuais. "Estamos trabalhando para aprimorar ainda mais." Ele disse que eleitores "podem ter assinado a filiação, mas não se recordam mais".

Semeghini também disse que o PSDB é "penalizado" por ter uma vida partidária real. O tucano afirmou ainda que irregularidades na filiação serão apuradas.

A Secretaria de Desenvolvimento Social disse, em nota, que as entidades que atuam no Vivaleite não podem, "sob pena de descredenciamento", vincular o projeto a qualquer cobrança. "A entidade também não deve condicionar a participação da família à sua inscrição no quadro associativo da entidade ou ao pagamento de qualquer natureza; ou condicionar a inscrição da família à filiação ou participação político-partidária ou religiosa." A pasta afirmou ainda que "realiza visitas periódicas às entidades para acompanhar o programa". "Nessas visitas as famílias também são entrevistadas", disse.

Idevanir Arcanjo de Souza, da Assocam, afirmou que nunca filiou ninguém ao partido. Wellington Machado, da Aqualiprof, não quis se pronunciar. / D.B e J.D.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.