Presos de novo 3 envolvidos no grupo

Duas semanas depois de terem sido soltos, três integrantes do grupo de Carlinhos Cachoeira foram novamente presos, por ordem do TRF-1: Wladimir Garcez, tido como braço político de Cachoeira, Lenine de Araújo Souza, seu provável contador, e José Olímpio de Queiroga Neto, o "Careca", sócio do contraventor em caça-níqueis. Os três são alvo da Operação Monte Carlo.

O Estado de S.Paulo

01 de julho de 2012 | 03h06

Gleyb Ferreira da Cruz, encarregado da movimentação financeira do esquema, já preso pela Operação Saint-Michel, teve novamente a prisão decretada. Todos os três foram convocados para depor na CPI do Cachoeira. Mas, com habeas corpus, optaram por nada responder. Exceto Garcez, que se disse amigo do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. / EUGÊNIA LOPES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.