Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Presidente do PSL diz que OEA tem 'zero credibilidade'

Gustavo Bebianno disse que chefe de missão é 'esquerdista' e que deveria falar do PT sobre fake news

Constança Rezende, O Estado de S.Paulo

26 de outubro de 2018 | 13h18

RIO - O presidente do PSL, Gustavo Bebianno, disse que a Organização dos Estados Americanos (OEA) tem “zero credibilidade” e que a sua chefe de missão de observadores para as eleições brasileiras, Laura Chinchilla, é “esquerdista”. Laura disse, nesta quinta-feira, 25, que o Brasil enfrenta um fenômeno “sem precedentes” em relação a difusão de notícias falsas e que o fato preocupa o grupo de especialistas.

Em entrevista no salão do hotel Windsor, que fica próximo à casa do candidato Jair Bolsonaro (PSL), nesta sexta-feira, 26, Bebianno disse que Laura não critica o PT.

“Ela tá falando de quem? Ela tem que falar do PT. Nós não produzimos fakes news. Ela tá falando do PT. Mas, como ela é esquerdista, ela não fala do PT , ela vai lá acariciar. É zero credibilidade”, disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.