Presidente do PSDB em SP já defende apoio do partido a Kassab

Para Lobo, uma "confusão" prejudicou Alckmin nas urnas, além do tempo na propaganda eleitoral na TV

Carolina Freitas, da AE

05 de outubro de 2008 | 21h27

O presidente municipal do PSDB de São Paulo, José Henrique Reis Lobo, disse neste domingo, 5,  que defenderá o apoio do partido à candidatura do prefeito Gilberto Kassab (DEM), candidato à reeleição, no possível segundo turno das eleições municipais contra a candidata Marta Suplicy (PT). Lobo chegou à casa do candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, às 21 horas, e disse que a legenda definirá nos próximos dias a posição para o segundo turno. Mas adiantou: "Vou defender junto ao PSDB o apoio ao candidato Gilberto Kassab."   Veja também: Especial: Perfil dos candidatos em São Paulo  Galeria de fotos dos candidatos à Prefeitura   Cobertura completa das eleições 2008  Eu prometo: Veja as promessas de campanha dos candidatos  Vereador digital: Depoimentos e perfis de candidatos em São Paulo   Tire suas dúvidas sobre as eleições   Para Lobo, uma "confusão" prejudicou Alckmin nas urnas. "O eleitorado ficou sem saber quem era o candidato do PSDB." O tempo de Alckmin na publicidade eleitoral gratuita no rádio e televisão também teria prejudicado o tucano, na opinião do líder do PSDB. "Alckmin estava absolutamente inferiorizado em relação ao tempo que tinha na TV e isso foi absolutamente fatal", afirmou.   O presidente municipal do partido negou, no entanto, qualquer arrependimento por ter lançado a candidatura de Alckmin. "O PSDB fez o que as bases do partido queriam. Um partido como o PSDB não poderia deixar de ter candidato na capital", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.