Presidente da UNE organiza ato de apoio a José Dirceu

Após afirmar em entrevista ao Estado que a União Nacional dos Estudantes (UNE) não promoveria nenhum ato de apoio ao ex-ministro José Dirceu, o presidente da entidade, Daniel Iliescu, disse ontem estar "individualmente" empenhado em organizar uma grande manifestação de solidariedade ao petista, condenado pelo Supremo Tribunal Federal a 10 anos e 10 meses de prisão no julgamento do mensalão.

O Estado de S.Paulo

22 de novembro de 2012 | 02h05

O evento, em dezembro, começou a ser articulado anteontem em encontro com Dirceu em Brasília, do qual participaram André Tokarski, presidente nacional da União da Juventude Socialista (UJS), ligada ao PC do B, e o secretário nacional da Juventude do PT (JPT), Jefferson Lima.

Em seu blog, Dirceu postou uma foto do encontro e agradeceu o apoio. "Agradeço aos três pela visita, pelo apoio e por se colocarem à disposição neste momento", escreveu.

Segundo Iliescu, além de prestar solidariedade ao ex-ministro e aos petistas condenados, o ato vai discutir as decisões tomadas pelo Supremo. Na avaliação do presidente da UNE, houve uma "politização do julgamento". / ISADORA PERON

Tudo o que sabemos sobre:
mensalaoSTFDirceuUNE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.