Presidente apoiará Roseana ao Senado

Pressionado pelo PMDB, o Planalto costurou nessa segunda-feira, 14, uma solução de redução de danos às suas relações com o principal aliado e criou uma alternativa na montagem do palanque no Maranhão. A presidente Dilma Rousseff disse ao senador José Sarney (PMDB-AP) que, apesar de apoiar a candidatura a governador de Flávio Dino (PC do B), rival do clã, apoiará ao Senado o nome da governadora Roseana Sarney (PMDB-MA). Sarney defendia o apoio de Dilma ao secretário Luis Fernando Silva. A pressão do PMDB sobre o governo foi tão forte que Dilma se viu obrigada a ligar para Sarney para assegurar que continuam aliados.

Tânia Monteiro, O Estado de S.Paulo

15 de outubro de 2013 | 03h17

Tudo o que sabemos sobre:
DilmaRoseana SarneyEleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.