Reuters e Estadão
Reuters e Estadão

Presidenciáveis participam da Brazil Conference 2022

Pré-candidatos serão sabatinados em conferência de alunos de Harvard e MIT, nos EUA; ‘Estadão’ transmite evento

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de abril de 2022 | 05h00
Atualizado 08 de abril de 2022 | 16h11

Inovação, infraestrutura, economia, Justiça e democracia do País são alguns dos temas que serão debatidos na edição deste ano da Brazil Conference, apoiada pelas universidades Harvard e MIT. O evento organizado pela comunidade brasileira de estudantes em Boston (EUA) vai promover, nos próximos sábado e domingo, diálogos entre lideranças e pesquisadores sobre como estas e outras questões afetam o cenário nacional em um ano eleitoral de singular importância.

Realizada anualmente, a conferência tem parceria do Estadão, que fará a cobertura dos debates. As atividades vão ocorrer presencialmente no Hyatt Regency Cambridge Hotel (Boston) e serão transmitidas pela TV Estadão, nas plataformas digitais do jornal e no canal do YouTube da organização. Os debatedores também devem se debruçar sobre as alternativas para saúde, educação e segurança em meio à tentativa de recuperação econômica motivada pelo arrefecimento da pandemia.

O copresidente da Brazil Conference, Vinícius Valverde, destacou que o tema central deste ano será a “reinvenção brasileira pós-pandemia”. “A gente se apega às oportunidades que podem sair nessa recuperação, tendo o diálogo como principal motor”, afirmou. Entre os pilares propostos que dividem os temas, ele citou o de democracia e Justiça, que contribuirá para “utilizar o debate como meio de mitigação da polarização”.

O evento terá início no sábado com um painel dedicado ao programa de embaixadores da conferência. Além dos 22 painéis previstos, o encontro promoverá sabatinas com presidenciáveis e lideranças políticas brasileiras. Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (MDB) e João Doria (PSDB) responderão a perguntas preparadas pela organização e sugeridas pelos participantes ao longo do domingo. Também serão sabatinados o ex-presidente Michel Temer (MDB), o senador petista Jaques Wagner e o ex-juiz Sérgio Moro – que deixou o Podemos e tenta se manter na corrida presidencial após se filiar ao União Brasil. A colunista do Estadão Eliane Cantanhêde participará das sabatinas de Simone Tebet, Moro e Temer.

Para Ciro, que já participou de outras edições do evento, o encontro é importante para ressaltar o debate sobre as relações do Brasil com o mundo. “Certamente ajudará a mostrar que mais do que nunca precisamos debater um projeto e não personalismos.”

O ex-governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB) – que, apesar de sair derrotado nas prévias tucanas, trabalha para viabilizar seu nome como candidato à Presidência – estará presente em um painel sobre o poder econômico do brasileiro em meio a uma escalada da inflação.


Judiciário

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso, Ricardo Lewandowski e Cármen Lúcia reforçam a lista de convidados para debater a defesa à democracia, a inovação judicial e o pioneirismo feminino no Judiciário, respectivamente. A Justiça no sistema penitenciário será o foco de um dos painéis. Mediado pela diretora executiva do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Samira Bueno, o debate terá ainda a advogada criminalista Dora Cavalcanti e o fundador do projeto Reflexões da Liberdade Emerson Ferreira.

“O evento ocorre em meio ao processo eleitoral de 2022, que é extremamente complexo e desafiador para nossa democracia. A expectativa é de que seja um debate que traga uma reflexão franca sobre o sistema penitenciário brasileiro e seus limites”, disse Samira.

O apresentador Luciano Huck, o padre Julio Lancellotti, o presidente do G10 favelas, Gilson Rodrigues, e o secretário de Educação do Rio, Renan Ferreirinha, se reúnem em painel mediado pela jornalista Vera Magalhães com o objetivo de questionar como reverter a pobreza e a fome no Brasil.

O evento tem como patrocinadores BTG Pactual, Unico, Nomad e Fundação Lemann. Em edições anteriores, contou com a participação de nomes como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o prêmio Nobel de Economia Michael Kremer.


Confira a programação do Brazil Conference

Sábado, 9

10h:

Introdução e painel de embaixadores

11h45:

Sabatina Michel Temer

12h45:

Painel: Instigando a Inovação nos modelos de trabalho pós-covid

14h45:

Sabatina: Sérgio Moro

15h45:

Painel: Instigando o Empreendedorismo

Painel: Instigando uma Educação Mais Justa no Cenário Pós-Pandêmico

17h:

Sabatina: Jaques Wagner

18h:

Painel: Instigando Caminhos para Reverter a Pobreza no Brasil

Painel: Instigando a Preservação Ambiental

Painel: Instigando o Desenvolvimento da Influência Digital

19h15:

Painel: Instigando o Pioneirismo Feminino no Judiciário

Painel: Instigando a Cultura Popular

Painel: Instigando o Potencial Esportivo

Domingo, 10

10h:

Painel: Final HackBrazil

Painel: Instigando a Criação de Parcerias na Saúde

11h45:

Sabatina: Ciro Gomes

12h45:

Painel: Instigando o Pioneirismo em Blockchain e Criptomoedas

Painel: Instigando a Competitividade Agrícola

Painel: Instigando a Justiça no Sistema Penitenciário

14h45:

Sabatina: Simone Tebet

15h45:

Painel: Instigando a Inovação Judicial em Tempos de Crise

Painel: Instigando a Promoção de Um Brasil Mais Seguro

Painel: Instigando a Inovação no Mercado de Pagamentos

17h:

Sabatina: João Dória

18h:

Painel: Instigando a Revolução Tecnológica

Painel: Instigando a Melhoria da Infraestrutura

19h:

Painel: Instigando a Defesa à Democracia

Painel: Instigando o Poder Econômico do Brasileiro

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.