Prefeito tem de mudar perfil no Facebook

Intimado pela Justiça Eleitoral a retirar de seu perfil no Facebook informações sobre sua atuação à frente da Prefeitura de Queimados, na Baixada Fluminense, o prefeito Max Lemos (PMDB) anunciou que cumprirá a decisão, mas manteve conteúdo similar no site do município. Pré-candidato à reeleição, Lemos se reuniria ontem com advogados para decidir se recorreria da decisão do juiz Jansen Amadeu do Carmo Madeira.

WILSON TOSTA / RIO , O Estado de S.Paulo

04 de abril de 2012 | 03h06

Inicialmente, pediu mais prazo para tirar do ar o material vetado. A promotora Márcia Araújo Pinto, autora do pedido acolhido pelo Judiciário, disse que vai checar o site prefeitura para verificar se também há propaganda eleitoral antecipada. A decisão foi a primeira posterior à determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que restringiu o uso do Twitter por pré-candidatos antes de 5 de julho.

O juiz atendeu a pedido da promotora, da 138.ª Promotoria de Justiça Eleitoral, que considerou o conteúdo do perfil do prefeito no Facebook propaganda eleitoral antecipada. A página de Lemos na rede social, com 4.990 amigos, mantinha referências a iniciativas da administração municipal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.