Prefeito jura apoio a Serra

Em fevereiro do ano passado, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, começou a articular a formação de uma nova sigla já com o intuito de disputar as eleições municipais de 2012. Após cerca de sete meses, em 27 de setembro, o TSE concedeu o registro ao partido: nascia o PSD.

O Estado de S.Paulo

21 de fevereiro de 2012 | 03h02

Antigo aliado do tucano José Serra, de quem assumiu a Prefeitura em 2006, defendia desde o início uma aliança entre PSD e PSDB em São Paulo. Diante da demora dos tucanos em escolher o seu candidato, Kassab começou a sondar a possibilidade de uma parceria com o PT, cujo candidato é o ex-ministro da Educação Fernando Haddad.

No entanto, recentemente Serra passou a dar sinais de que poderá rever a posição de não disputar a Prefeitura e Kassab abortou as negociações com os petistas. Embora procure manter as portas abertas com o PT, o prefeito promete agora dar apoio "incondicional" ao ex-governador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.