Prefeito eleito de Bebedouro é Bianchini, define TSE

Ministros negaram os pedidos do Ministério Público e do PMDB de impugnação de registro da candidatura

Brás Henrique, de O Estado de S.Paulo

29 de outubro de 2008 | 15h08

João Batista Bianchini (PV), o Italiano, é o prefeito eleito de Bebedouro, na região de Ribeirão Preto, após decisão, por unanimidade do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na terça-feira. Os ministros negaram os pedidos do Ministério Público e do PMDB de impugnação de registro da candidatura de Bianchini.   O MP tem até sexta-feira para recorrer da decisão. Bianchini teria feito campanha irregular, antes do prazo permitido, além de ter pago uma multa de R$ 23 mil com um dia de atraso. Por isso, no dia da apuração o vencedor apontado pelo TSE era Fernando Galvão (DEM), com 10.559 votos válidos, e Bianchini, com a candidatura então impugnada, teve os seus 17.647 votos considerados nulos. Com a decisão do TSE, agora ele é o prefeito eleito para assumir o cargo em 1º de janeiro de 2009.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.