Marcio Fernandes|Estadão
Marcio Fernandes|Estadão

Prefeito de Macapá é reeleito com 60% dos votos

Clécio Luís (Rede) foi eleito à prefeitura pela primeira vez em 2012, quando concorreu pelo Psol

Alcinéa Cavalcante e André Ítalo Rocha, O Estado de S.Paulo

30 de outubro de 2016 | 22h47

O prefeito de Macapá, capital do Amapá, Clécio Luís (Rede) foi reeleito no segundo turno deste domingo (30), com 60,5% dos votos válidos. O candidato da Rede recebeu 123.808 votos, contra 80.840 do seu adversário, Gilvam Borges (PMDB). A abstenção na cidade chegou a 21,07%. Em 2012, quando foi eleito pela primeira vez, Clécio era do Psol.

Gilvam Borges (PMDB) chegou à sessão de votação acompanhado da esposa e de assessores. Com 39% das intenções de voto na última pesquisa do Ibope, Borges disse que fez uma campanha limpa e que tinha certeza de que teria muitos votos.

Líder nas pesquisas com 61% das intenções de voto, o prefeito Clécio Luís (Rede), chegou por volta de meio-dia na sessão onde votou acompanhado dos senadores Randolfe Rodrigues (REDE) e Davi Alcolumbre (DEM), vereadores, assessores e familiares.

Ele disse que, neste domingo de eleições, está colhendo a confiança do povo. Disse que fez uma campanha pedagógica e didática, onde mostrou como recebeu a Prefeitura em janeiro de 2015, o que fez neste mandato e o que fará depois de reeleito.

Pela manhã, uma embarcação contratada pelo TRE-AP para levar equipe e equipamentos para seções eleitorais em comunidades ribeirinhas afundou na localidade de Ipixuna Miranda. Como já estava ancorada e a equipe e equipamentos em terra o processo de votação não foi comprometido. Uma outra embarcação já foi enviada à localidade para o retorno da equipe e equipamentos ao final do processo de votação que ocorrerá às 18 horas (17h no horário local).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.