Prefeito alega que desconhecia prática

O advogado Fernando Gaspar Neisser, que representa Pedro Bernabé (PDT), afirmou que o prefeito afastado de Birigui não tinha conhecimento sobre a organização da campanha e desconhecia a compra de votos.

O Estado de S.Paulo

04 de agosto de 2013 | 02h11

"A compra de voto, se é que houve, partiu de candidatos a vereador e como eles pediram votos para o prefeito, Bernabé também foi condenado, não criminalmente. Mas não existe condenação por compra de votos culposa e não há prova de que ele comprou votos."

A alegação da defesa não convenceu o juiz Carlos Gustavo Miranda, para quem "o réu Pedro Bernabé tentou representar o personagem de completo alienado". Para o juiz, trata-se de uma versão que "restou isolada nos autos, envolta por um arcabouço de provas em sentido contrário".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.