PR quer Tiririca na campanha tucana

Para partido, deputado é forte cabo eleitoral

O Estado de S.Paulo

29 de julho de 2012 | 03h10

A Executiva Nacional do PR vai oferecer ao candidato do PSDB à Prefeitura, José Serra, o apoio do deputado federal Tiririca - o mais votado em 2010. O PR, que integra a base aliada ao governo da presidente Dilma Rousseff (PT) e em São Paulo fechou com Serra, pretende deixar à disposição dos tucanos a imagem do humorista. Em 2010, Tiririca teve 1,3 milhão de votos, com uma polêmica campanha baseada no slogan "Vote no Tiririca; pior do que tá não fica".

A proposta do PR será feita no próximo encontro que Serra terá com lideranças adventistas, ainda sem data. O argumento do PR é que a popularidade de Tiririca o transforma num importante cabo eleitoral. No próprio PR, porém, a expectativa é que o PSDB recuse o apoio com o argumento de que na capital paulista o índice de rejeição ao ex-palhaço chega a 70%, segundo pesquisas internas feitas quando o nome de Tiririca foi ventilado como candidato a prefeito. Contra isso, o PR alega que não haverá prejuízo à imagem de Serra. "As pessoas votariam em Serra só "pelo 'ibope' que o Tiririca dá", disse uma liderança da sigla. Até agora, Tiririca declarou apoio apenas a um candidato a vereador em São Paulo. / RICARDO CHAPOLA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.