'Por que não tirar uma fotografia?'

Após convenção do PP que confirmou ontem a aliança com o PT, o deputado Paulo Maluf (SP) comparou a foto ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de Fernando Haddad à celebração de um casamento e disse que seria um "absurdo" não deixar a imagem ser captada pela imprensa.

Entrevista com

BRUNO BOGHOSSIAN, ESTADÃO.COM.BR, O Estado de S.Paulo

26 de junho de 2012 | 03h05

Como o sr. responde às críticas à foto com Lula e Haddad?

Casamento deve ser celebrado na igreja e com a presença do padre. Uma vez que o (ex-)presidente Lula foi à minha casa, não há razão para que ele e eu não tirássemos uma fotografia juntos. Qual o problema? É absurdo esse lamento. Recebi 20 visitas em casa e recebi toda a imprensa. Por que não poderiam tirar uma fotografia?

O sr. ficou irritado?

Pelo contrário. Estou na maior alegria de receber na minha casa a imprensa, o Lula, o presidente do PT, Rui Falcão, o candidato, gente do meu partido, vereadores, deputados. Minha casa é de hospitalidade.

E os ataques feitos pela ex-prefeita Luiza Erundina?

Tenho respeito por ela, mas não é o caso de comentar as declarações. É comentar o seguinte: meus túneis não inundaram, meus piscinões funcionaram, as estações do metrô não ruíram, as estradas não esburacaram. Tenho muito orgulho do que fiz, e ela deve ter orgulho do que fez, a Marta também, o Pitta também, o Serra também, o Kassab também.

O sr. exigiu que Lula fosse a sua casa e posasse para fotos para formalizar a aliança?

Estão saindo do foco. Não é para saber se eu pedi ou não pedi, quem foi e quem não foi. Eu acho que quem tem as condições de resolver os problemas de São Paulo - do trânsito, transporte coletivo, metrô, corredores de ônibus e segurança pública - é quem está ligado ao governo federal, com a presidenta Dilma (Rousseff). Eu disse isso e repito. Ele (Lula) foi lá, foi convidado por mim com muito prazer. Quem entrou na minha casa foi convidado, inclusive a mídia.

Com essa aliança, o sr. e o PP se afastam do governador Geraldo Alckmin (PSDB)?

Tenho um compromisso e o partido tem compromisso para 2014 são com a reeleição do governador Alckmin.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.