FABIO MOTTA/ESTADÃO/DIVULGAÇÃO
FABIO MOTTA/ESTADÃO/DIVULGAÇÃO

Por orientação médica, Bolsonaro não participará de debate na TV Globo

Candidato do PSL ainda anunciou que fará uma live no Facebook no mesmo horário do encontro, marcado para esta quinta-feira, 4 de outubro

Constança Rezende, O Estado de S.Paulo

03 Outubro 2018 | 11h49

Assessores próximos ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) afirmaram, na manhã desta quarta-feira, 3, que o candidato não deverá participar do debate da TV Globo, marcado para esta quinta-feira, 4. O cirurgião Antonio Luiz de Vasconcellos Macedo, que cuidou de Bolsonaro no Hospital Albert Einstein, visitou o candidato, líder nas pesquisas das eleições 2018, em sua casa no Rio de Janeiro, na manhã desta quarta-feira, 3. O médico avaliou como negativa a participação do candidato no debate pelo nível de estresse que poderia ter reflexos no seu quadro de saúde.

Os filhos e a mulher de Bolsonaro também eram contra a participação do candidato no confronto. Politicamente, as últimas pesquisas, que mostraram o aumento de sua a vantagem em relação ao segundo colocado, Fernando Haddad (PT), também contribuíram para a avaliação de que o comparecimento ao programa da TV Globo seria desnecessário. O candidato tem focado em impulsionar suas redes sociais e gravar "lives" (transmissões ao vivo via Facebook) para ganhar mais eleitores. O presidente do partido, Gustavo Bebianno, também era contra a sua participação. O único que ainda pensava em ir era o próprio Jair Bolsonaro.

Mais conteúdo sobre:
Jair Bolsonaro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.