Por desconto, universitários vão a palestra de Serra

Cerca de 800 estudantes de faculdades privadas de São Paulo assistiram ontem a um discurso do candidato à Prefeitura José Serra (PSDB). O tucano foi à Assembleia Mensal do Movimento Universitário, encontro com alunos organizado pelo deputado estadual Marcos Zerbini (PSDB) na sede da Associação Educar para a Vida - fundada por ele na Lapa, zona oeste. O galpão estava lotado de jovens, que não sabiam da ida de Serra. Por participarem das atividades organizadas pelo parlamentar, eles recebem desconto de até 40% no valor da mensalidade em 15 universidades conveniadas. Para tanto, vão à reunião uma vez por mês e têm presença cobrada pela carteirinha estudantil. Caso faltem mais de três vezes, podem ser punidos e perder o desconto. Zerbini disse que deseja fazer um "debate democrático" e que não faz filiação de alunos ao PSDB, nem cobra apresentação de título de eleitor. A entidade, ligada à igreja católica, recebeu no 1.º turno os candidatos derrotados Gabriel Chalita (PMDB) e Soninha Francine (PPS). Segundo Zerbini, Fernando Haddad (PT) recebeu convite para falar aos universitários, mas não compareceu./ F.F.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.