'Política do País pode ser melhor'

Recolhido em sua casa em Comendador Levy Gasparian, no interior do Rio, o ex-deputado federal Roberto Jefferson, delator do esquema do mensalão, afirmou ontem em seu blog e pelo Twitter que não se arrepende do que fez. "Há oito anos denunciei ao País o maior escândalo que jamais presenciei no Planalto Central desde que me tornei deputado. Tudo realizado por quem, por décadas, apontou o dedo para muitos, acusando-os de corruptos, dando início à nefasta judicialização da política brasileira."

Roberta Pennafort e Adriano Barcelos / RIO, O Estado de S.Paulo

15 de novembro de 2013 | 02h09

"Fui cassado e tive meus direitos suspensos por 10 anos; ontem (anteontem), a Corte Suprema do meu país decretou minha prisão. Estou satisfeito com a decisão? Mentiria se dissesse que sim; conforta-me, porém, a crença de que a política brasileira, daqui para a frente, pode ser melhor", escreveu.

Tudo o que sabemos sobre:
Mensalão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.