Polícia Federal distribui pizza em aeroporto

Policiais federais aproveitaram o Dia dos Pais para promover ontem um protesto inusitado no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins - onde realizam operação-padrão desde o último dia 7. No início da tarde, cerca de 50 agentes distribuíram aos passageiros que circulavam pelo terminal fatias de uma pizza gigante, com quatro metros de comprimento e vários sabores.

ALINE RESKALLA , ESPECIAL PARA O ESTADO , BELO HORIZONTE, O Estado de S.Paulo

13 de agosto de 2012 | 03h02

Antes, eles entregaram panfletos para explicar as reivindicações da categoria. O presidente do sindicato que representa os os agentes federais em Minas, Renato Deslandes, explicou que a manifestação foi uma referência ao esvaziamento de investigações e operações da Polícia Federal, que, segundo ele, não podem acabar em pizza.

"Milhares de inquéritos policiais estão na iminência de terminar assim", afirmou Deslandes, para quem essa situação se deve "à evasão de profissionais altamente qualificados, minados pela desmotivação e falta de perspectiva de carreira".

Sem atrasos. Nenhum atraso foi registrado pela Infraero nos voos operados no Aeroporto de Confins durante a manifestação, que durou aproximadamente uma hora. No site do sindicato, o protesto fazia alusão ao Dia dos Pais. "Domingo, Dia dos Pais. Dia de reunir a família, almoçar junto, valorizar o passado e traçar planos, em conjunto, para um futuro melhor. Na PF, entretanto, a casa está vazia e não há motivos para comemorar. Hoje não tem almoço em família na PF."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.