PF indicia por fraude chefe da Funasa em PE

A Polícia Federal indiciou ontem o superintendente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) no Recife, Alcio Pitt, o secretário de obras de Arcoverde, Eduardo Lima, e mais nove pessoas por suspeita de fraudes relacionadas a obras públicas em quatro municípios de PE: Macaparana, Arcoverde, Paudalho e São Benedito do Sul. O prejuízo aos cofres públicos pode ultrapassar R$ 20 milhões. Conforme a PF, os envolvidos fraudavam licitações e superfaturavam preços das obras, que eram fiscalizadas pelo próprio grupo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.