PF flagrou deputado

Na quarta-feira o Estado revelou que o deputado Protógenes Queiroz (PC do B-SP) foi flagrado em pelo menos seis conversas suspeitas com o sargento Idalberto Matias Araújo, o Dadá, um dos principais operadores do contraventor Carlinhos Cachoeira. Autor do requerimento de criação de uma CPI para investigar a rede política de Cachoeira, Protógenes aparece em grampos da Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, que revelam a proximidade do parlamentar com um possível alvo da CPI que deve ser instalada no Congresso.

O Estado de S.Paulo

13 de abril de 2012 | 03h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.