PF desmonta no CE grupo de tráfico que tinha políticos

Entre os presos estão candidata a prefeitura de Cariús e seu marido, candidato a vereador da cidade

Vannildo Mendes, de O Estado de S. Paulo

21 de setembro de 2012 | 16h33

A Polícia Federal desarticulou nesta sexta-feira, 21, uma quadrilha de tráfico internacional de drogas, comandada por políticos do interior do Ceará. Estão sendo cumpridos 47 mandados, sendo 16 de prisão e 30 de buscas e apreensões. Sete mandados foram expedidos contra candidatos a cargos na eleição municipal de 7 de outubro. Entre os presos estão uma candidata a prefeita de Cariús, Natália Ferreira Gomes (PHS), município do alto sertão cearense a 411 quilômetros de Fortaleza, e o marido dela, que é candidato a vereador na mesma cidade.

A operação é comandada pelo delegado Eliomar Lima Júnior, diretor da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da PF no Ceará. A quadrilha atuava há vários anos numa rota que trazia cocaína da Bolívia via Santa Cruz de La Sierra. A droga entrava no Brasil pelo Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, com destino ao Ceará. Parte ficava para consumo no Estado e no Nordeste e grande quantidade era exportada para a Europa.

Nos últimos pleitos, a quadrilha passou a reforçar seu poder de ação elegendo pessoas para cargos públicos. Desta vez, o grupo inscreveu sete candidatos. "É típico de organizações criminosas se infiltrar no meio político para ampliar seu espaço de poder e garantir a impunidade de suas ações", disse o delegado.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2012PFquadrilhapolíticos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.