Pezão vota no Sul Fluminense e critica ataques de adversários

Segundo o candidato que busca a reeleição no governo do Rio, no segundo turno ele só se defendeu da oposição

Thaise Constancio, O Estado de S. Paulo

26 de outubro de 2014 | 11h51

RIO - Depois de acompanhar a mulher, Maria Lúcia, na sessão eleitoral, o governador e candidato à reeleição Luiz Fernando Pezão (PMDB) votou na Escola Municipal de Lajes, no bairro de Ribeirão das Lajes, em Piraí, no Sul Fluminense, pouco depois das 11 horas. 

Ele reafirmou o voto na presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT). "Respeito o candidato Aécio Neves (PSDB), mas meu voto é na Dilma desde o primeiro turno". 

Pezão criticou os ataques que sofreu do senador e candidato do PRB, Marcelo Crivella, durante o segundo turno. "No primeiro turno fui atacado por três candidatos (Crivella, Anthony Garotinho, do PR, e Lindbergh Farias, do PT). (No segundo turno) Apenas me defendi", afirmou.

Ele saiu de casa por volta de 10 horas e seguiu a pé de casa até a rodoviária da cidade, ambos na região central da cidade. No percurso de pouco mais de 3 km, cumprimentou e foi cumprimentado por eleitores que lhe desejaram sorte. Pezão parou para tomar café da manhã em uma padaria: um pastel de carne e uma lata de refrigerante.

Antes de chegar à sessão eleitoral buscou os pais Darcy e Ercy, e uma sobrinha que o acompanharam na sessão eleitoral. 

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesLuiz Fernando Pezão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.