Petistas não conseguem explicar ausência de Marta em encontro estadual

Nome mais citado nos discursos nesta manhã na abertura do 18º Encontro Municipal do PT, a senadora Marta Suplicy não só faltou ao evento como não comunicou oficialmente o motivo de sua ausência. Os petistas que deixaram o ato político há pouco disseram não saber o motivo da ausência e lamentaram sua falta. "Não sei porque ela não veio, mas ela sempre faz falta", afirmou o pré-candidato a prefeito, Fernando Haddad.

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

02 de junho de 2012 | 13h56

O ex-presidente Lula também foi questionado e disse que não sabia dizer o que havia acontecido. Já o presidente do diretório municipal do partido e coordenador da pré-campanha, Antônio Donato, foi categórico: "Pergunte para ela".

"Acho que ela não pôde vir", disse o deputado federal Paulo Teixeira, que é vice-presidente da CPMI que investiga as relações de Carlinhos Cachoeira com parlamentares e outros agentes públicos.

O senador Eduardo Suplicy, que durante seu discurso chegou a dizer que Marta chegaria "a qualquer instante", revelou que mandou uma mensagem às 11h20 à senadora. "Você está sendo fortemente aguardada aqui", escreveu Suplicy na mensagem mostrada aos jornalistas. Ao final do encontro, Eduardo Suplicy ligou para a senadora, a pedido dos jornalistas, mas ela não atendeu a chamada. "Você foi muito aguardada e mencionada inclusive pelo presidente Lula. Você foi citada por todos os oradores", disse o senador em seu recado na caixa postal de Marta.

Enquanto acontecia o encontro, a equipe da senadora postou em seu site oficial um artigo intitulado "Travessia", que abre com um poema de Fernando Pessoa. "Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos". O texto conclui: "As certezas e os sonhos a serem descartados são o mais difícil na travessia. A isto se refere Fernando Pessoa em poucas linhas. Largar as roupas que nos levam aos mesmos lugares."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.