Petista recorre a Lula para romper hegemonia tucana em Taubaté

Ortiz Júnior, do PSDB, é apontado como o favorito na disputa pela prefeitura, mas Isaac do Carmo garante que surpreenderá

JOSÉ MARIA TOMAZELA, SOROCABA, O Estado de S.Paulo

28 de outubro de 2012 | 03h02

O candidato do PSDB, Ortiz Júnior, entra como favorito na disputa do 2.º turno em Taubaté, no Vale do Paraíba, mas o petista Isaac do Carmo espera surpreender. Na pesquisa Ibope, divulgada ontem, o tucano tinha 54% das intenções de voto contra 33% do petista.

O PT nunca administrou Taubaté, mas a eleição é considerada muito importante para o partido, que ganhou no 1.º turno em duas cidades importantes da região, São José dos Campos e Jacareí, que com Taubaté são consideradas redutos do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, do PSDB.

Ortiz quase venceu no 1.º turno: teve 48,7% dos votos e seu concorrente, 25,5%. Formado no meio sindical, Isaac recebeu o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de ministros da presidente Dilma Rousseff para tentar quebrar a hegemonia dos tucanos na cidade. Das últimas seis gestões, quatro foram da família Ortiz. Lula fez campanha para Isaac na quinta-feira em Taubaté e declarou que os governos devem se alternar no poder. "Taubaté é uma cidade grande e não pode ser tratada como se fosse um curral de uma família."

Isaac fez o possível para evitar que sua imagem fosse vinculada ao atual prefeito Roberto Pereira Peixoto, do PMDB, que termina o segundo mandato mal avaliado, segundo as pesquisas.

Nacionalmente, PT e PMDB são aliados. Mas a campanha expôs a rivalidade entre os dois lados: Isaac explorou as denúncias do Ministério Público Estadual que envolvem o candidato adversário e o pai dele, José Bernardo Ortiz, num suposto esquema de desvios de verbas na compra de mochilas pela Fundação para o Desenvolvimento da Educação.

Ex-prefeito de Taubaté, Bernardo presidia a fundação vinculada ao governo paulista e a empresa de seu filho teria sido beneficiada na transação. Ambos chegaram a ter os bens bloqueados pela Justiça. "São denúncias mentirosas e eleitoreiras, que não têm condições de se sustentar", reagiu Ortiz Filho.

Dilma. Isaac invoca o apoio da presidente Dilma e promete revolucionar os sistemas de saúde e educação na cidade. "Vamos trazer quatro Unidades de Pronto Atendimento 24 horas, ambulâncias do Samu (Serviço Ambulatorial e Médico de Urgência) e dois Centros Educacionais Unificados (CEU)", promete. O PSDB, que venceu em Guaratinguetá e Pindamonhangaba, terra de Alckmin, quer a vitória em Taubaté para se manter na frente na região.

Ortiz aposta na ajuda do governo estadual para dar à cidade dois hospitais e a instalação de Ambulatório Médico de Especialidades. "O governador nos garantiu total apoio", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2012

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.