Petista preserva liderança também em potencial de voto

Além de aparecer como líder na pesquisa Ibope, a petista Dilma Rousseff é a que tem maior potencial de voto: 55% afirmam que "poderiam votar" nela ou o fariam "com certeza".

Daniel Bramatti, O Estado de S.Paulo

21 de março de 2014 | 02h00

O tucano Aécio Neves, até o momento, é apontado como uma escolha segura ou possível por 33% do eleitorado. No caso de Eduardo Campos (PSB), o potencial é de 26%.

Nesse quesito, a vantagem de Dilma já foi muito maior: em março do ano passado, seu potencial de voto era de 76%, três vezes maior que o de Aécio e sete vezes superior ao que Campos obtinha na época. Nada menos que 52% afirmavam que "com certeza" votariam em Dilma.

O panorama mudou com as manifestações que, em junho de 2013, tomaram as ruas das principais cidades do País. Pesquisa feita em julho, um mês após o ápice dos protestos, mostrou que o potencial de voto em Dilma havia caído para 49%. Desde então, a presidente tem se recuperado levemente.

Já o potencial de voto dos candidatos da oposição praticamente não muda há oito meses.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.