Petista pede que Protógenes seja processado

O deputado Amauri Teixeira (PT-BA) protocolou ontem seu relatório preliminar junto ao Conselho de Ética da Câmara pedindo abertura de processo por quebra de decoro parlamentar contra Protógenes Queiroz (PC do B-SP). Este foi flagrado em interceptações telefônicas da Polícia Federal conversando com Idalberto Matias Araújo, o Dadá, integrante do esquema do contraventor Carlinhos Cachoeira. Cabe agora ao Conselho decidir pela abertura ou não de processo.

O Estado de S.Paulo

07 Junho 2012 | 04h22

Teixeira diz em seu relatório ser necessária a abertura de investigação por haver indício de quebra de decoro. O Estado revelou em abril que Protógenes aparece em grampos da PF. Protógenes falou em "traição" ao comentar o relatório e sugeriu um acordo entre PT e PSDB para tirar o foco das investigações da empreiteira Delta. / EDUARDO BRESCIANI

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.