Petista faz críticas à tática de Campos

Amigo de Eduardo Campos, o governador de Sergipe, Marcelo Déda (PT), criticou o presidente nacional do PSB por não assumir claramente qual seu projeto político. O governador de Pernambuco criticou, anteontem, a "velha rinha" entre PT e PSDB, numa referência às candidaturas já postas na mesa da presidente Dilma Rousseff e do senador Aécio Neves. "Com relação à uma pretensa rinha, pelo menos um elogio meu amigo e companheiro Eduardo Campos deve aos últimos pronunciamentos das lideranças do PT e do PSDB: elas estão sendo explícitas e sinceras em suas pretensões. Independentemente das divergências de mérito, não estão se valendo de subterfúgios para debater seus projetos e pretensões políticas com a sociedade brasileira", disse Déda.

O Estado de S.Paulo

23 de fevereiro de 2013 | 02h08

Eduardo Campos fez a crítica aos petistas e tucanos num encontro com prefeitos em Pernambuco. O governador tem se movimentado nos bastidores, alimentando especulações sobre uma candidatura presidencial já em 2014. Ao tratar do assunto com Dilma, no início do ano, Eduardo Campos prometeu que o PSB permanecerá na base aliada em 2013 e deixou em aberto os planos do partido para 2014.

Déda afirmou que os passos de Dilma e Aécio não são "antecipação de campanha". "Há um legítimo e necessário debate político." / JOÃO DOMINGOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.