Pesquisa vira alvo de polêmica em São Luís

A última pesquisa Ibope/Rede Globo divulgada ontem à noite em São Luís foi alvo de polêmica antes da votação dos dois candidatos a prefeito, Flávio Dino (PCdoB) e João Castelo (PSDB), no segundo turno das eleições na capital maranhense, na manhã de hoje.Pela última pesquisa Ibope/Rede Globo, Castelo aparece como favorito para vencer a disputa pela prefeitura de São Luís. De acordo com o instituto, o tucano tem 59% das intenções de votos válidos, contra 41% das intenções de votos ao candidato do PCdoB, Flávio Dino.Momentos antes de votar, hoje pela manhã, Dino desqualificou a pesquisa Ibope/Rede Globo. "As pesquisas nunca acertam e não vão acertar de novo. A chance do resultado do Ibope se confirmar hoje é zero. Os institutos de pesquisa trabalham para partidos. Eles não fazem pesquisa, mas política partidária", disse o candidato. Essa é a segunda vez que Dino critica o instituto. Na primeira, o Ibope divulgou nota alegando que, em nenhuma hipótese, trabalharia a favor de qualquer candidato pesquisado.Já o tucano João Castelo, rebateu a crítica do comunista, classificando-a como uma ''ação de desespero". "A minha pesquisa é o povo, o que vale é o sentimento popular. Sinto que o povo está comigo. Os outros é que estão desesperados. É um negócio triste", assinalou o tucano, que disputa pela quarta vez seguida as eleições majoritárias de São Luís.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.