Joedson Alves/EFE
Joedson Alves/EFE

Pesquisa Ibope: Bolsonaro segue isolado como líder em SP

Candidato do PSL chegou a 32% no Estado, seguido por Alckmin, que tem 16%; Haddad tem 15%, Ciro, 6%, e Marina, 3%

Luiz Fernando Toledo, Alessandra Monnerat e Caio Sartori, O Estado de S.Paulo

03 Outubro 2018 | 19h26

Pesquisa Ibope/Estado/TV Globo feita apenas com eleitores paulistas e divulgada nesta quarta-feira, 3, mostra que o candidato do PSL à Presidência nas eleições 2018, Jair Bolsonaro, se manteve na liderança isolada da corrida presidencial em São Paulo, com 32% das intenções de voto - 1 ponto porcentual a menos do que na última pesquisa, em 25 de outubro.

Empatados tecnicamente em segundo lugar, Geraldo Alckmin (PSDB) oscilou de 14% para 16% e Fernando Haddad (PT) passou de 12% para 15%. Ciro Gomes (PDT) caiu quatro pontos em SP, de 10% para 6%. Marina Silva (Rede) manteve a tendência de queda, passando de 4% para 3%.

João Amoedo ficou estável em 4%, empatadado tecnicamente com Marina, seguidos por Henrique Meirelles (estável em 2%), Cabo Daciolo (oscilou de 0% para 2%) Álvaro Dias (oscilou negativamente e agora tem 1%), Guilherme Boulos (estável em 1%), João Goulart Filho (oscilou de 0% para 1%), Eymael (estável em 0%) e Vera (oscilou de 1% para 0%).

No cenário nacional, Bolsonaro chegou a 32% e Haddad, a 23%.  Ciro Gomes teve 10%, Alckmin, 7%, e Marina, 4%. 

A pesquisa foi realizada nos dias 30 de setembro a 2 de outubro de 2018.  Foram entrevistados 2.002 eleitores em 97 municípios. A margem de erro máxima estimada é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual  momento eleitoral, considerando a margem de erro.

O levantamento foi contratado pelo Estado e pela TV Globo e está registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o protocolo Nº SP‐08219/2018 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR‐07211/2018.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.