Pesquisa considera resultados de mais de 4 mil candidatos

O estudo de Ricardo Ceneviva e Thomas Brambor analisou dados de 22 mil disputas municipais, entre 1996 e 2008, e de mais de 40 mil candidatos.

O Estado de S.Paulo

27 Maio 2012 | 03h05

Levando-se em conta apenas os candidatos que, ao serem eleitos pela primeira vez, tiveram vitórias apertadas (margem de até 5 pontos porcentuais), esse universo cai para cerca de 4 mil candidatos.

A pesquisa observou que a desvantagem eleitoral dos detentores de cargos de prefeito tem diminuído ao longo do tempo. Na disputa de 2008, na média, houve até vantagem para os que buscaram a reeleição. Mas ela é pequena e "estatisticamente insignificante", de acordo com os pesquisadores. / D.B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.