Perillo pede apuração sobre construtoras

O governador Marconi Perillo (PSDB), cujo nome foi citado em vários grampos da PF na Operação Monte Carlo, disse ontem que se for convocado a depor na CPI vai sugerir que as investigações sejam estendidas a todas as construtoras existentes no País. "É preciso passar o Brasil a limpo", disse ontem o governador, em Goiânia, ao defender a abertura do sigilo bancário das empreiteiras para apurar suas relações com governos federal, estaduais e municipais.

O Estado de S.Paulo

15 de maio de 2012 | 03h10

O tucano, que pode ser convocado pela CPI do Cachoeira, disse estar "tranquilo" em relação às investigações: "Eu jamais permitiria que alguma empresa pagasse qualquer tipo de propina ao governo".

Sobre o envolvimento do seu nome nas escutas da PF, defendeu-se: "Infelizmente, às vezes pessoas citam nosso nome até mentindo, ou às vezes querendo mostrar algum tipo de intimidade para levar vantagens". / RUBENS SANTOS, ESPECIAL PARA O ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.