Perfil de Dilma no Facebook diz que Aécio vivia 'na mamata'

Perfil de Dilma no Facebook diz que Aécio vivia 'na mamata'

Página oficial da presidente compara juventude de tucano, que tinha cargo na Câmara dos 17 aos 21 anos, com a da petista, perseguida pelo regime militar na mesma idade

O Estado de S. Paulo

14 de outubro de 2014 | 17h05

Brasília - A página oficial do site da presidente Dilma Rousseff no Facebook, administrada pelo Partido dos Trabalhadores (PT), postou nesta terça-feira, 14, duras críticas ao candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves.

"Dos 17 aos 21 anos, a hoje presidenta Dilma Rousseff resistiu à ditadura militar. Foi presa e torturada pelo governo, que contava com o apoio do deputado Aécio Cunha, da Arena, pai do candidato Aécio Neves", diz a publicação, intitulada "Vidas Cruzadas". "Já Aécio, dos 17 aos 21 anos, foi lotado como secretário parlamentar na Câmara dos Deputados, sem concurso, mesmo morando no Rio, onde frequentava praias, festas e escolas da elite."


A publicação é acompanhada de uma foto de Dilma, jovem, com a legenda "na labuta"; a legenda da foto de Aécio é "na mamata". 

Em um outro post, a página do site de Dilma convida os internautas para acompanhar o debate entre os presidenciáveis, que será transmitido a partir das 22h15 na TV Bandeirantes. "Mais tarde, veremos dois projetos de Brasil diferentes no debate na Band. Você prefere o País da esperança ou o País do desespero?", indaga o texto. 

Tudo o que sabemos sobre:
EleiçõesAécio NevesDilma Rousseff

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.