PDT decide apoiar Lacerda, do PSB, em Belo Horizonte

A Executiva Estadual do PDT decidiu apoiar o candidato do PSB, Márcio Lacerda, no segundo turno da eleição para prefeito de Belo Horizonte. A decisão do diretório estadual, no entanto, passou por cima do indicativo do candidato derrotado Sérgio Miranda, crítico da aliança entre o governador Aécio Neves (PSDB) e o prefeito Fernando Pimentel (PT) em torno de Lacerda - que disputa com o segundo turno com o candidato do PMDB, Leonardo Quintão. Hoje, Miranda - que viajou para São Paulo onde participaria das comemorações dos 40 anos do Congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE) em Ibiúna - reafirmou que não pedirá votos para o candidato socialista, indicando que poderá adotar a posição de neutralidade ou indicar apoio a Quintão. O candidato do PDT alcançou 3,40% dos votos válidos e vinha afirmando que a decisão em relação ao segundo turno seria tomada exclusivamente pelo diretório municipal. Ontem, porém, em reunião tensa, a Executiva Municipal entendeu que estatutariamente não poderia tomar posição contrária à do diretório estadual. Lacerda disse que vai procurar Miranda. "É uma pessoa digna, foi um deputado de excelente atuação, eu inclusive votei nele e o apoiei em várias eleições", disse socialista, que recebeu hoje o apoio de representantes de diretórios centrais e acadêmicos de faculdades particulares da capital. O PDT integra o governo Aécio e faz parte da base de sustentação do governador na Assembléia Legislativa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.