PC do B define amanhã quem irá apoiar em BH

A Executiva Nacional do PC do B se reúne amanhã, em São Paulo, para decidir sobre a posição do partido no segundo turno da eleição para prefeito de Belo Horizonte, entre Márcio Lacerda (PSB) e Leonardo Quintão (PMDB). A candidata derrotada Jô Moraes levará à direção nacional da legenda comunista a proposta de indicação de voto em Quintão ou mesmo ingresso na campanha do peemedebista, desde que ele se comprometa com questões programáticas da coligação PC do B/PRB, como a ampliação do orçamento participativo e "uma preocupação mais especial com a educação". "A participação mais efetiva do PC do B e minha numa campanha é condicionada a determinados compromissos programáticos", disse Jô Moraes. Reconhecendo a "relação privilegiada" do PSB com a sigla comunista no País, ela pretende argumentar que a capital mineira vive um processo singular por causa da presença - informal - do PSDB do governador Aécio Neves na coligação em torno de Lacerda. Diversos líderes do PSB têm procurado a direção nacional do PC do B. "Integro um partido de caráter nacional e tenho de expressar as alianças nacionais. Mas claro que há uma particularidade em Belo Horizonte, porque integra a aliança um partido que é oposição ao governo do presidente Lula." A campanha de Lacerda acenou para o PC do B, mas já se resigna com o apoio da candidata ao adversário. "Se houver isso não será nenhuma novidade. No primeiro turno eles tiveram uma estratégia comum. Ela batia e ele chorava", ironizou o candidato a vice na chapa, Roberto Carvalho (PT). O socialista confia que muitos eleitores de Jô Moraes "terão dificuldades em votar em Leonardo Quintão". PRBA expectativa é que PC do B e PRB tomem uma decisão comum. A Executiva Nacional do partido do vice-presidente José Alencar também se reúne amanhã para definir o rumo a ser tomado no segundo turno. As duas legendas decidiram fazer um anúncio conjunto na sexta-feira. Mas Alencar sofre o assédio também da candidatura encabeçada pelo PSB. Lacerda e Carvalho deverão viajar amanhã para a capital federal para um encontro com o vice. Na terça-feira, Aécio telefonou para Alencar e convidou-o para uma reunião na próxima semana, quando o vice participa de um evento em Belo Horizonte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.