Paulinho da Força confirma apoio a Serra no 2º turno e critica Dilma

Deputado do PDT acusou a presidente de não atender as 'reivindicações dos trabalhadores'

Guilherme Waltenberg, de O Estado de S. Paulo

09 Outubro 2012 | 18h09

O deputado federal e candidato derrotado do PDT à Prefeitura de São Paulo, Paulinho da Força, afirmou que seu partido fechou apoio ao candidato do PSDB, José Serra, no segundo turno das eleições na capital paulista. De acordo com Paulinho, a aliança é consequência da presidente Dilma Rousseff (PT), que apoia o adversário de Serra, o petista Fernando Haddad, "não ter cumprido reivindicações dos trabalhadores". "Vamos apoiar mais pelo passado do que pelo futuro. A Dilma não cumpriu nenhuma das reivindicações dos trabalhadores. Não deu aumento para aposentados, para funcionários públicos, para nada", declarou Paulinho à Agência Estado.

O coordenador da campanha de José Serra, deputado Edson Aparecido, contou que, durante a negociação, Paulinho sugeriu que Serra incorporasse sua ideia de descentralização econômica da cidade ao programa de governo, o que foi acatado pelo tucano. "Foi a principal observação que ele fez, aceitamos a proposta. É algo bem razoável. Sobretudo na região de Itaquera e São Mateus (na zona leste)", comentou o deputado.

Aparecido lembrou que, em 2004, quando Serra foi eleito prefeito da capital, Paulinho sugeriu que ele adotasse em seu programa de governo a implementação dos centros de atendimento ao trabalhador como condição para o apoio. "O Serra incorporou e depois, como prefeito, implantou", contou o deputado.

No segundo dia de campanha, Serra reuniu-se com os vereadores eleitos pela sua coligação que conta, além do PSDB, com o DEM, PSD, PR e PV. Após o evento, ele elogiou o PDT, dizendo tratar-se de uma "força política importante". "É uma força política que, caso se agregue à nossa campanha, vai ajudar bastante, inclusive pela participação no movimento sindical", afirmou. A aliança deve ser anunciada oficialmente nesta quinta-feira, 11.

Mais conteúdo sobre:
Eleições 2012SPPDT

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.