Partidos que mais elegem na BA se enfrentarão em Salvador

PMDB foi o partido que mais elegeu prefeitos, 109 no total; PT ficou em segundo lugar com 64 prefeitos

da Redação, estadao.com.br

06 de outubro de 2008 | 01h52

No Estado da Bahia, à 1h45 com cerca de 99% das urnas apuradas, o PMDB foi o partido que mais elegeu prefeitos, 109 no total. O partido também concorrerá ao segundo turno na capital, Salvador, contra o PT, segundo colocado na Bahia, que elegeu 64 prefeitos.  Veja também:A disputa pelas capitais  Confira as imagens da votação pelo Brasil Cobertura completa das eleições 2008 Eu prometo: Veja as promessas de campanha dos candidatos   Em seguida vieram o DEM, com 40 eleitos; o PR, com 39; o PP, com 35 e o PSDB, com 24.  Salvador A tática de polarizar as discussões em torno do apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu certo em Salvador (BA). Os dois candidatos que se confrontaram ao longo da campanha do primeiro turno, em torno do tema "quem é mais amigo do presidente?", João Henrique Carneiro (PMDB) e Walter Pinheiro (PT) arrancaram na reta final, desbancaram o candidato que liderou as pesquisas durante toda a campanha - Antonio Carlos Magalhães Neto (DEM) - e avançaram ao segundo turno da eleição. A votação, porém, foi apertada. O resultado, apesar de positivo tanto para PMDB quanto para PT - partidos aliados tanto no governo federal quanto no estadual, comandado por Jaques Wagner (PT) -, cria certa apreensão nas lideranças petistas e peemedebistas no Estado. Nas duas agremiações, assessores não escondiam a preferência por enfrentar Neto no segundo turno, apesar de as lideranças não terem explicitado a opção. O motivo é a relação entre os aliados, que ficou bastante abalada durante a campanha, por causa das duras acusações feitas entre as partes.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2008BahiaPMDBPT

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.