Para vereador, eleitos vão de 17 a 89 anos

Vereador e prefeito mais novos são do PMDB; mais velhos são PSDBistas

Ana Freitas, estadao.com.br

05 de outubro de 2008 | 23h37

A cidade de Juscimeira, no Mato Grosso, elegeu nesta eleição o vereador mais novo do país. Wesley Junior Araújo de Lima, do PMDB, tem 17 anos e foi o 8º vereador mais votado em Juscimeira, no sul do Mato Grosso.   Lima, que foi eleito com 212 votos, nasceu em 14 de novembro de 1990. A lei eleitoral exige apenas que o candidato tenha no mínimo 18 anos na data da posse. Por isso, sua candidatura e eleição são legítimas.   O candidato a prefeito mais jovem do país também é do PMDB. Caio Vellasco de Castro Curado tem 20 anos e teve 37,04% dos votos da população de Faina, em Goiás. No segundo turno, disputará o cargo com o democrata Paulinho do Lino, que teve 30,62% dos votos.   Curado também já terá completado 21, a idade mínima para ser prefeito, antes da posse - caso vença no segundo turno.   Os candidatos mais velhos, contudo, estão no PSDB. Susumo Itimura, candidato a prefeito em Uraí, no Paraná, tem 90 anos. Nascido em 15 de março de 1918, Itimura teve 49,29% dos votos de Uraí, o equivalente a 2.222, e vai disputar o segundo turno com Sergio Pitao, do PRTB.   Também o 8º vereador mais votado em seu município, Antonio Ferreira Bindá, de 89 anos, é o mais velho vereador eleito no País. Bindá obteve 5,65% dos votos de Cedro (CE), o equivalente a 904 votos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.