Para tucano, 'não há restrição' a viagens dentro do País

Em nota, a assessoria de Aécio Neves (PSDB-MG) informou que, conforme as normas do Senado, "não há restrição geográfica dentro do território nacional para deslocamentos", desde que comprovadamente realizados e dentro dos limites financeiros impostos pela Casa.

O Estado de S.Paulo

24 de março de 2013 | 02h08

Em nota, o gabinete do parlamentar cita o ato n.º 2 da Comissão Diretora, que prevê reembolso de bilhetes em todo o Brasil. "Portanto, não há restrição quanto a destinos ou dias de semana para utilização de passagens aéreas. A rotina de grande parte dos congressistas consiste em chegar a Brasília no início da semana e retornar ao local de residência no final da mesma", justifica o texto.

Sobre as viagens para o Rio de Janeiro, o gabinete informou que, "como de conhecimento público, Aécio tem endereços fixos não só em BH e Brasília, mas também na capital fluminense. O senador mantém rotinas e atividades regulares como parlamentar e agente político nessas cidades e passa os finais de semana com familiares no Rio e/ou Belo Horizonte", acrescentou. / F.F.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.