Para o pai, ele era um 'Ronaldinho'

Em reação às críticas que sofria seu filho Fábio Luís, por causa da ajuda da Telemar à Gamecorp, o então presidente Lula disse em sua defesa, em 2006, que ele era o "Ronaldinho dos negócios" - Ronaldinho Gaúcho estava então no auge de sua forma. Lula disse, ainda, que nada havia de ilegal no caso e que seu filho não podia ser culpado de ter talento como empresário.

O Estado de S.Paulo

10 de novembro de 2012 | 02h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.