Para Jarbas, Campos promove dissidência na base aliada

Empenhado na articulação da candidatura do governador Eduardo Campos (PE) à Presidência, o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) afirmou ontem que o presidente do PSB promove uma "dissidência" na base aliada ao governo federal. "Na proporção em que Eduardo diz que o governo andou, transformou, avançou, mas poderia ter avançado muito mais, isso é dissidência", disse o senador durante almoço oferecido ao governador em sua casa de praia no município de Paulista (PE).

O Estado de S.Paulo

24 de março de 2013 | 02h08

Dilma cancelou a agenda que cumpriria amanhã no Recife - incluindo um almoço com Campos -, mas manteve compromisso na cidade pernambucana de Serra Talhada. O governador desvinculou o cancelamento de sua declaração destacando as afinidades com o ex-governador tucano José Serra. "O que falei sobre Serra é algo que já falei no passado", afirmou. "Eu votava em Dilma e dizia exatamente o que disse sobre Serra." / A. L. e RICARDO BRITO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.