Para Campos, Aécio acerta ao reconhecer erro em uso de pista ainda que 'tardiamente'

Adversário do tucano, candidato do PSB defende 'humildade' na vida pública após senador admitir ter utilizado aeroporto construído em terreno que já pertenceu a familiar

Gabriela Lara, correspondente, O Estado de S. Paulo

31 de julho de 2014 | 13h41

PORTO ALEGRE - O candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, afirmou há pouco que o senador Aécio Neves (PSBD), seu adversário na eleição deste ano, fez bem em admitir que o uso do aeroporto de Cláudio, no interior de Minas Gerais, foi um equívoco. "Acho que o Aécio acertou, mesmo que depois de algum tempo, tardiamente, ao reconhecer um erro", disse em coletiva de imprensa na capital gaúcha, após participar de evento promovido pela Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs).

Após cerca de dez dias de desgaste diário na imprensa, Aécio Neves falou abertamente sobre o assunto ontem a jornalistas em seu gabinete. "Não tenho nada a esconder. Usei várias vezes (o aeroporto de Cláudio) desde a minha juventude, quando ainda era pista de terra e depois da conclusão da obra, quando eu não era mais governador, usei algumas poucas vezes (a pista) em avião da minha família, nunca oficial. Reconheço que errei em não ter me preocupado em averiguar qual era o estágio em que a homologação estava."

Em Porto Alegre, Campos afirmou que as pessoas devem ter humildade na vida pública e privada. "Quando erram, (é preciso) poder dizer 'errei', pedir desculpas e pagar pelo seu erro na forma que houver de se pagar pelo erro", disse.

Reportagem do jornal Folha de S.Paulo revelou que Aécio Neves, quando governador de Minas Gerais, desapropriou terras de seu tio-avô e transformou a pista de pouso de terra já existente em uma asfaltada ao custo de quase R$ 13 milhões. O candidato era questionado por construir a pista em benefício de sua família, que tem uma fazenda a seis quilômetros do local.

Campos cumpre extensa agenda nesta quinta-feira na capital gaúcha, e no momento realiza caminhada pelo centro da cidade, acompanhando de lideranças do PSB e do PMDB no Estado, entre eles o senador Pedro Simon, que já declarou apoio à candidatura da Campos.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesEduardo CamposRS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.