Marcos de Paula / Dida Sampaio / ESTADÃO
Marcos de Paula / Dida Sampaio / ESTADÃO

Paes lidera intenções de voto para o governo do Rio, diz Ibope

Levantamento do instituto aponta que ex-prefeito tem 26%, seguido por Romário, com 17%

Fábio Grellet, O Estado de S.Paulo

06 Outubro 2018 | 20h04

RIO- O candidato do DEM ao governo do Estado do Rio, Eduardo Paes, lidera as intenções de voto segundo a pesquisa divulgada na noite deste sábado, 6, pelo Ibope. Paes tem 26% das intenções de voto.

Em segundo lugar está Romário (Podemos), com 17%, seguido por Indio da Costa (PSD) e Wilson Witzel (PSC), estes empatados com 10%. Em seguida aparecem Tarcísio Motta (PSOL), com 7%, Pedro Fernandes (PDT) e Marcia Tiburi (PT), empatados com 5%, Marcelo Trindade (Novo), André Monteiro (PRTB) e Dayse Oliveira (PSTU), os três com 1%. Luiz Eugenio, do PCO, não chegou a 1% das citações. Brancos e nulos somaram 13%, e 4% não souberam ou não quiseram responder.

O Ibope também fez uma simulação de segundo turno entre Paes e Romário, em que o ex-prefeito venceria com 44% das intenções de voto. Romário obteve 30%, votos brancos e nulos somaram 24% e 3% não sabem ou não quiseram responder.

Na pesquisa para senador, quando serão eleitos dois candidatos, Flávio Bolsonaro (PSL), filho do presidenciável Jair Bolsonaro, lidera com 31% das intenções de voto. Ele está tecnicamente empatado com Cesar Maia (DEM), que tem 29%.

Lindbergh Farias (PT) tem 21%, Arolde de Oliveira (PSD) tem 11%, Chico Alencar (PSOL) obteve 11%, Miro Teixeira (Rede) teve 10%, Pastor Everaldo (PSC) conseguiu 8%, Cyro Garcia (PSTU) teve  5%, Aspásia Camargo (PSDB) somou  5%, Eduardo Lopes (PRB) teve 5%, Jose Bonifácio (PDT) alcançou 3%, Mattos Nascimento (PRTB) teve 3%, Marta Barçante (PCB), Fernando Fagundes Ribeiro (PCO), Gabrielle Burcci (PMB) e Samantha Guedes (PSTU) tiveram cada um  1%, e Walter Cristie (Patriota) não passou de 0%.

O número de brancos e nulos para a primeira vaga chegou a 15%, e para a segunda vaga atingiu 23%. Não sabem ou não quiseram  responder 17% dos entrevistados.

O Ibope ouviu 2.002 eleitores de quinta-feira, 4, até este sábado, 6. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.