Paes e Crivella seguem empatados no Rio de Janeiro

Líder vai a 29% e vice tem 24%; novidade no Rio é avanço de Gabeira, que passou de 6% para 10%

Gabriel Manzano Filho, de O Estado de S.Paulo

27 de setembro de 2008 | 05h43

O candidato do PMDB à Prefeitura do Rio, Eduardo Paes, passou de 27% para 29% das intenções de voto e seu rival direto, Marcelo Crivella (PRB), chegou aos 24% - tinha 23% na pesquisa de duas semanas atrás -, mantendo-se a situação de empate técnico na disputa. Os novos números, divulgados ontem pela pesquisa Ibope contratada pelo Estado e pela TV Globo, trazem como surpresa o crescimento de Fernando Gabeira, do PV, que subiu de 6% das preferências para 10% e está empatado tecnicamente com a candidata Jandira Feghali, do PC do B, que manteve os 9% das intenções de voto.  Na turma de baixo, aparecem empatados com 2% o candidato do PT, Alessandro Molon, que tinha 4%, e Chico Alencar, do PSOL. Segundo o Ibope, brancos e nulos somam 9% e 10% disseram não saber em quem vão votar. Nas simulações para o segundo turno, Paes vence Crivella por 44% a 29% e Jandira por 45% a 23%. A vantagem sobre Gabeira é ainda maior, de 49% a 17%.  Não houve mudanças significativas nas taxas de rejeição dos candidatos. Disseram que não votam em Paes de modo nenhum 12% dos eleitores. A rejeição de Crivella está em 33%, a de Gabeira em 16% e a de Jandira em 14%. A pesquisa ouviu 1.204 eleitores, entre os dias 23 e 25. A margem de erro é de 3 pontos, para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada na 228ª Zona Eleitoral, sob número 38/08.

Mais conteúdo sobre:
ELEIÇÕES 2008

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.