Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Eduardo Paes dispara na corrida ao governo do Rio, diz pesquisa

Candidato do DEM está com 24% das intenções de voto e é seguido por Romário (Podemos) que aparece com 14%

Roberta Pennafort, O Estado de S.Paulo

06 Setembro 2018 | 23h03

Divulgada nesta quinta-feira, 6, pesquisa do Datafolha para o governo do Estado do Rio de Janeiro mostrou que Eduardo Paes (DEM), ex-prefeito da capital, disparou na disputa, e está com 24% das intenções de voto. Romário (Podemos) aparece com 14%, e Anthony Garotinho (PRP), com 10%. A margem de erro é de três pontos percentuais, e o levantamento tem 95% de nível de confiança.

Tarcisio Motta (PSOL) tem 7% das intenções de voto, Indio da Costa (PSD), 5%, Pedro Fernandes (PDT), 3%, Marcia Tiburi (PT), 2%. Wilson Witzel (PSC), André Monteiro (PRTB), Marcelo Trindade (NOVO) e Daisy Oliveira (PSTU) estão todos com 1%. Luiz Eugênio (PCO) não foi citado pelos entrevistados. O percentual de brancos de nulos está em 24% e não souberam responder 6% dos pesquisados. Os números foram divulgados pela TV Globo.

A pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR‐ 06668/2018. Foram ouvidas 1.357 pessoas no levantamento, em 35 municípios fluminenses, entre a terça-feira, 4, e esta quinta-feira, 6.

Os pesquisadores foram às ruas depois, portanto, da decisão do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) de decidir pela condenação de Garotinho por formação de quadrilha, de 4 anos e 6 meses de prisão, em regime semiaberto. A decisão foi no dia 4.

Nesta quinta-feira, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio indeferiu seu registro de candidatura, por entender que Garotinho está inelegível, em virtude de condenação.

Na pesquisa anterior sobre a corrida ao Palácio Guanabara, feita entre 20 e 21 de agosto, os percentuais dos quatro primeiros colocados eram: Eduardo Paes 18%; Romário Faria 16%; Anthony Garotinho 12%; Indio da Costa e Tarcisio Motta 5%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.