Padilha ironiza governo Alckmin e manobra do 'vento encanado'

Em visita a reduto tucano, candidato do PT critica redução de pressão d'água à noite, e promete centro integrado de segurança

GERSON MONTEIRO, ESPECIAL PARA O ESTADO

08 de agosto de 2014 | 19h04

O candidato petista ao Governo do Estado de São Paulo, Alexandre Padilha, esteve nesta tarde em visita a São José dos Campos, no Vale do Paraíba, e ironizou o rival tucano dizendo que os paulistas estão pagando pelo ar que circula na tubulação que abastece a capital.

"A história agora é que eles mandam a água de dia à noite eles mandam o chamado 'vento encanado'", disse Padilha aos militantes após o término da caminhada ao centro comercial de São José dos Campos.

A região, conhecida por ser o berço político do tucano Geraldo Alckmin (PSDB), tem sido alvo da crise hídrica paulista. Uma das propostas em análise pelo Executivo é a de que parte da água do Rio Paraíba do Sul seja desviada para abastecer a capital.

"Considero um absurdo, o atual governador parece que perdeu o carinho pelo Vale do Paraíba ao vir propor tirar a água do Vale do Paraíba para sanar a irresponsabilidade por não ter feito nos últimos dez anos as obras para substituir ou reduzir a dependência do Sistema Cantareira", criticou.

Após a visita ao Centro de Operações Integradas (COI) de São José dos Campos, Padilha comentou sobre a intenção de criar um programa de gestão integrada de segurança. A proposta foi antecipada pelo candidato na quinta-feira, 7, ao participar da série Entrevistas Estadão. "Aquilo que deu certo na segurança pública da Copa do Mundo nós queremos que seja permanente no Estado de São Paulo", ao citar o trabalho conjunto entre as polícias federal, civil e militar.

Durante o trajeto de pouco mais de uma hora, Padilha cumprimentou populares que estavam na porta do comércio local. A cada aperto de mão o candidato colava no peito das pessoas um adesivo com seu número no pleito e posava para fotos.

Aproximadamente 200 pessoas acompanharam a visita ao calçadão agitando bandeira e entoando hinos da campanha petista, entre eles o prefeito de São José dos Campos, Carlinhos Almeida, candidatos a deputado e a vereadora e ex-prefeita da cidade, que ficou conhecida nacionalmente pela "dancinha da pizza" na Câmara dos Deputados, Ângela Guadagnin, além de diversos vereadores que deixaram o expediente acompanhados por seus assessores.

A agenda do candidato petista na região incluiu também uma caminhada na região central de Jacareí, 82 km de São Paulo. Neste sábado (9), Padilha ganha o apoio de Dilma Rousseff para uma caminhada no centro de Osasco.

Mais conteúdo sobre:
EleiçõesPTAlexandre Padilha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.