Jonathas Cotrim/Estadão
Jonathas Cotrim/Estadão

'Outsider', Romeu Zema foi filiado ao PR por 18 anos

Informação foi confirmada pelo TRE-MG; candidato do Novo ao governo de Minas sustenta discurso de nunca ter tido envolvimento com política

Jonathas Cotrim, O Estado de S.Paulo

23 de outubro de 2018 | 18h37

BELO HORIZONTE - O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) revelou nesta terça-feira, 23, que Romeu Zema, candidato do partido Novo ao governo de Minas Gerais, foi filiado ao PR por 18 anos. O empresário sustentou a campanha inteira o discurso de não ter nenhum envolvimento anterior com política.

De acordo com registros do Tribunal, Zema se filiou ao PR de Araxá, no Triângulo Mineiro, em dezembro de 1999. A filiação do empresário foi cancelada pelo TRE em abril deste ano, após o sistema encontrar registros com nome do candidato em dois partidos diferentes. Zema se filiou ao Novo em janeiro deste ano e não registrou desfiliação do PR.  

Por meio de nota, divulgada pela assessoria de imprensa, Romeu Zema, afirmou que se filiou ao PR por convite feito por um amigo. “Nunca participei de qualquer atividade partidária nem muito menos fui candidato a nenhum cargo público”, disse.

Ao longo da campanha, Romeu Zema se apoiou na figura de “outsider” e que nunca teve qualquer envolvimento com política. O discurso do candidato do Novo pedia para que Minas não elegesse “os mesmos políticos de sempre”.

Depois de ter participado de apenas um debate no primeiro turno, Romeu Zema cancelou a presença no debate da TV Alterosa, afiliada ao SBT, marcado para esta terça-feira. O candidato também não vai participar do debate da CBN, marcado quarta-feira, 24. Neste segundo turno, o candidato havia participado de todos os debates.

“Nesta última semana de campanha ampliarei o contato direto com os eleitores através de visitas e reuniões nas diversas regiões de nosso Estado”, disse o candidato, por meio de nota. Apesar disso, ele afirmou que estará presente no debate na TV Globo, marcado para quinta-feira, 25.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.