Outras siglas têm problemas

Os problemas na realização de processos internos não são exclusividade dos tucanos. Organizá-los pode trazer dor de cabeça para qualquer partido. Em 2005, por exemplo, durante as eleições internas do PT chamadas de Processo Eleitoral Direto (PED), surgiram denúncias de irregularidades. As principais envolviam transporte de filiados para votação, o que é proibido, e pagamento indevido de contribuições partidárias em atraso a militantes. Mais recentemente, no ano passado, o recém-criado PSD, do prefeito Gilberto Kassab, também recebeu críticas por supostamente ter engordado a lista de filiados até mesmo com eleitores que já haviam morrido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.