Organização inova e segue normas de sustentabilidade

Um grupo montado com antecedência em São Paulo empenhou-se, nas últimas semanas, em criar, nos três andares disponíveis para a 68ª Assembleia da SIP, no Hotel Renaissance, um ambiente apropriado. A ordem, como resumiu um coordenador, é "modernizar a SIP".

O Estado de S.Paulo

12 de outubro de 2012 | 03h04

Uma empresa comprometida com as normas internacionais para eventos sustentáveis foi convocada, para definir todos os materiais e sua utilização. No conceito cenográfico, o encontro terá "a cara de São Paulo". Para isso, os palcos vão se inspirar em ícones da cidade - as linhas do Copan, o formato do Masp. O mesmo para os dez estandes do showroom.

Outro compromisso é "abrir o evento para as pessoas, atrair o público jovem". Para isso, no domingo, uma série de painéis sobre jornalismo reunirá estudantes, universitários e professores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.