Oito prefeitos com ficha suja são eleitos no segundo turno

Das 30 cidades em que a disputa foi para o segundo turno, 11 tinham candidatos com ficha suja

Ana Freitas, estadao.com.br

26 de outubro de 2008 | 21h48

Oito municípios no país elegeram candidatos a prefeito que respondem processos na Justiça. O levantamento foi feito com base em um relatório divulgado no último dia 21 pela Associação dos Magistrados Brasileiros (http://www.amb.com.br).  Veja também:Blog: acompanhe a cobertura em tempo real 'Eu prometo' traz as promessas dos candidatos Geografia do voto: Desempenho dos partidos nas cidades brasileiras Confira o resultado eleitoral nas capitais do País Tire suas dúvidas sobre as eleições  De acordo com o relatório, 125 candidatos a prefeito e a vice com ficha suja concorreram nestas eleições. Destes, 34 foram eleitos no primeiro turno. Das 30 cidades que tiveram segundo turno, 11 tinham candidatos com ficha suja. Em algumas delas, como Campina Grande (PB), Campos de Goytacazes (RJ) e São Paulo (SP), os dois candidatos estão com algum processo em aberto na justiça. Confira a lista das cidades que elegeram candidatos com ficha suja: Belém - PACampina Grande - PBCampos de Goytacazes - RJContagem - MGFlorianópolis - SCJoinville - SCMauá - SPSão Paulo - SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.