Número de cargos vagos supera o de ocupados

Segundo dados do Portal da Transparência, existem atualmente 8.375 cargos comissionados vagos na administração direta do governo paulista, além dos mais de 7.000 ocupados por servidores. As vagas foram criadas por decreto.

Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo

24 de março de 2014 | 02h03

A secretaria estadual com mais empregos "disponíveis" é da Saúde. Dos 4.910 cargos vagos, 1.458 estão preenchidos. Os demais, 3.452, estão vagos. Responsável pela tabulação dos números do funcionalismo estadual, a Secretaria de Gestão também conta com mais cargos vagos: 948 dos 1.408 da pasta. Já na Casa Civil o cenário é diferente: apenas 62 dos 460 cargos existentes estão sem ocupante.

A bancada do PT na Assembleia Legislativa usa esses dados para atacar o governador Geraldo Alckmin, que deve disputar a reeleição em outubro. "No DAEE (Departamento de Água e Energia Elétrica), por exemplo, foram criados 2.366 cargos em 2013, mas só 967 estão efetivamente ocupados. O restante pode receber indicação a qualquer momento", diz o líder do PT na Casa, Luiz Claudio Marcolino.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.